casa rural alentejana

casa rural alentejana
casa rural alentejana de Beatriz Lamas Oliveira

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Voltámos à Gulbenkian

A nossa "visita de estudo", incidiu no movimento e na expressão corporal enquanto ferramentas para a interpretação das obras de arte.

A reunião inicial 

Primeira obra que observámos: 
Sonia Delaunay (cantores flamenco)
Observar e falar sobre a obra
Explorar com movimentos do corpo

Segunda obra:
Lourdes Castro (sombra projetada de Christa Maar)
Falámos sobre sombra, contorno, perfil... e...
os gestos no nosso corpo.

Terceira obra:
António Sena ((BL - HY)
Mais uma história descoberta e vivenciada

Quarta e última obra:
Julião Sarmento (An Involved Story)
A coreografia final

Almoço

Momentos de brincadeira

O regresso

Jardim de Infância da Afeiteira

1 comentário:

  1. Um Passarinho que comeu das sementes4 de abril de 2017 às 16:13

    Olá, Olá Meninos e Meninas do Jardim de Infância da Afeiteira!:)))

    Não me ouviram a cantar para vocês lá no jardim da Gulbenkian? Pois é, cantei para vocês enquanto estavam a almoçar. E estavam tão bonitinhos que dava gosto. Tive pena mas não me deixaram entrar no Centro de Arte Moderna, parece que é um museu só para pessoas. Olhem, aproveitei e fiquei cá fora a comer daquelas bagas vermelhas que se vêem da janela grande do museu e são um bom almoço para pássaros. E depois fui ver as tartarugas no lago, e ficámos por lá a conversar que os animais entendem-se todos uns aos outros e eu percebo muito bem as tartarugas que elas falam pouco mas bem e são muito ajuizadas. As meninas tartarugas contaram-me que gostam muito de morar ali e que as pessoas não lhes fazem mal e que o sol é quente e já tinham varrido a casa... coisas assim.
    Bem vi que se divertiram bastante. Pois é, eu agora mudei de casa e já não vivo na vossa árvore, fiz ninho numa árvore do jardim da Gulbenkian. Mas prometo, venho à mesma assomar-me a esta janelinha digital.
    Tenham boas férias, não chateiem demais os pais e os avós, ouviram? E brinquem muito. Mas com chapéu na cabeça que o sol vem quentinho.
    Bicadinhas de muita amizade para todos e BOA PÁSCOA!!! ( cheiinha de docinhos bons)

    ResponderEliminar